Desidratação de Alimentos: Saiba Tudo Sobre o Assunto!

Você sabe que os alimentos desidratados são muito mais saudáveis ​​e ricos em minerais do que os alimentos hidratados?

O melhor de tudo, é que você pode secá-los sozinho ou comprar alimentos desidratados por um preço bem baixo.

Se você quiser descobrir tudo sobre a desidratação de alimentos, continue lendo e ficará surpreso com o quão fácil e saudável é.

Nos últimos anos, a desidratação de alimentos tornou-se muito popular. Em vez de congelar os alimentos, as pessoas optam por desidratá-lo para obter mais nutrientes.

A desidratação de alimentos remove a água das plantas e da carne, dando-lhes um sabor diferente e uma tonelada de novas oportunidades de cozimento e preparo.

A comida não só ganha um novo sabor, mas também recebe uma textura e estrutura completamente novas, sem mencionar os inúmeros benefícios à saúde.

O que é o processo de desidratação de alimentos?

O processo de desidratação de alimentos é, em outras palavras, a secagem dos alimentos. Durante esse processo, os alimentos perdem a umidade por evaporação. 

Quando a umidade se esvai, o mesmo ocorre com os microrganismos que estragam os alimentos ao longo do tempo. 

Quando você armazena alimentos secos, as bactérias e os microorganismos não podem crescer e você pode preservá-lo por um longo tempo.

A desidratação de alimentos é realmente um processo simples que qualquer um pode fazer. Tudo que você precisa é de um pouco de ar quente que retire a umidade dos alimentos.

As pessoas que vivem em partes ensolaradas do mundo secam seus alimentos ao sol há séculos. Historicamente, esse é o método de conservação mais antigo.

O problema com esse tipo de desidratação é que ele não retira toda a umidade, portanto os alimentos não podem ser preservados por muito tempo. 

É por isso que hoje, as pessoas que secam os alimentos usam desidratadores. São máquinas especializadas que secam perfeitamente a comida. 

Quais os benefícios da desidratação de alimentos?

A desidratação é a forma mais antiga de preservação de alimentos do mundo, não requer conservantes e produz alimentos de excelente sabor, com meses de validade. 

Então, por que a desidratação de alimentos não é a mais popular? A verdade simples é que os desidratadores de alimentos não são utensílios de cozinha comuns, então muitas pessoas não estão familiarizadas com como e por que usariam um desidratador. 

Mas há muitas boas razões para adicionar desidratação de alimentos ao seu conjunto de habilidades:

Comida desidratada tem um ótimo sabor

À medida que a água é removida, o sabor é deliciosamente concentrado. O resultado é um alimento com um sabor que, dependendo da sua preferência pessoal, pode ser melhor que o original.

Sem conservantes ou aditivos químicos

A desidratação de alimentos requer apenas um ingrediente – o alimento que você está secando. 

O resultado é um alimento 100% natural que permanecerá saboroso e nutritivo por muitos meses. Se você gosta de uma cor mais brilhante, pode usar um pouco de suco de limão em seus projetos de desidratação para manter uma boa cor.

Armazenar alimentos desidratados é eficiente

Os alimentos secos tendem a ocupar menos de um sexto de seu espaço de armazenamento original e não exigem o uso contínuo de uma geladeira ou freezer. 

Uma caixa de pêssegos, após a desidratação, cabe facilmente em um punhado de sacos de sanduíche e fica bem na despensa, onde você pode comê-los à vontade.

Poupar custos com a desidratação de alimentos

Além de a desidratação de alimentos custar menos do que aqueles alimentos desidratados que você pode comprar em uma loja, os desidratadores podem ajudar você a economizar dinheiro de várias outras maneiras:

  • Comprar alimentos à venda ou a granel e preservar por mais tempo;
  • Substituir lanches ou doces comprados em lojas por suas próprias criações saudáveis;
  • Fazer guloseimas caseiras que você pode dar de presente;
  • Salvar alimentos que de outra forma estragariam;
  • Secar suas próprias ervas.

Controle de qualidade

Como você está secando sua própria comida, pode ser exigente quanto aos alimentos que seca. 

Seque seus alimentos favoritos com confiança, sabendo que eles são livres de pesticidas e outros produtos químicos.

Melhor ainda, como os alimentos secos são tão compactos, você pode levá-los a qualquer lugar, dentro da bolsa ou da mochila.

Portabilidade

Fazer a sua própria desidratação de alimentos significa que você pode facilmente levar comida natural e real aonde quer que vá. 

Para pessoas ocupadas e que sempre estão fora de casa, esse é um grande benefício. 

Os alimentos secos são compactos, leves e cabem em qualquer bolsa. Um cacho inteiro de bananas secas caberá em um saco de sanduíche.

Se você gosta de acampar, possuir um desidratador de alimentos abre um mundo de novas possibilidades, permitindo que você se alimente na trilha com molhos, sopas e até pizza, que rivalizam com qualquer coisa que você possa fazer em casa.

Confira os snacks saudáveis 4Well e leve mais saúde e praticidade no seu dia a dia!

Quais são os processos de desidratação de alimentos?

Se você deseja fazer a desidratação de alimentos, estes são os princípios que você deve seguir para obter os melhores resultados:

Corte a fruta na forma desejada para servir: por exemplo, você pode cortar maçãs em fatias ou anéis antes do processo de secagem.

Corte os pedaços do mesmo tamanho e da mesma espessura para secá-los uniformemente: fatias que variam entre 1/8 e 1/4 de polegada secam mais rápido que fatias mais grossas.

Alguns alimentos precisam ser lavados antes do processo de secagem: alimentos como frutas, ervas e uvas sem sementes precisam ser lavados antes de desidratá-los.

Faça isso para evitar o escurecimento: você pode cozinhar no vapor ou revestir frutas de cor clara com suco de limão. Os ácidos protegerão a coloração. Alguns vegetais precisam ser descascados para secar bem.

Descubra o método de secagem que você usará e obtenha o equipamento necessário: você pode secar a comida no forno, no sol ou em um liofilizador. O tempo necessário para a secagem dos alimentos depende do método utilizado.

Desidratação usando o calor (alimentos assados)

Mantenha uma temperatura de aproximadamente 60°C e verifique se o ar circula dentro do forno.  Você deve remover a umidade o mais rápido possível para evitar que os alimentos estraguem. 

A temperatura precisa ser de cerca de 60°C para que a umidade evapore sem afetar a cor, a textura, o valor nutritivo ou o sabor dos alimentos. Se você não tiver circulação de calor e ar suficiente, os alimentos podem ser afetados por várias bactérias e microorganismos que os tornarão impróprios para consumo. 

Se você deixar o ambiente com muito calor e pouca umidade, poderá perder todos os nutrientes. Dessa forma, a superfície do alimento fica muito dura, o que impede que a umidade evapore.

Você saberá quando o alimento estiver desidratado quando a comida ficar quebradiça, mas lembre-se de que os legumes são mais secos que as frutas e você não precisa condicioná-los.

Processo de liofilização

Um liofilizador executa um processo de remoção de água normalmente usado para preservar materiais perecíveis, prolongar a vida útil ou tornar o material mais conveniente para o transporte. 

Os liofilizadores funcionam congelando o material, depois reduzindo a pressão e adicionando calor para permitir que a água congelada no material seja sublimada.

Um liofilizador funciona em três fases, sendo a primeira, e mais crítica, a fase de congelação. A liofilização adequada pode reduzir o tempo de secagem em 30%.

Os liofilizadores usam vários métodos para congelar o produto. O congelamento pode ser feito em um freezer, um banho frio (congelador de conchas) ou em uma prateleira no secador por congelamento. 

O liofilizador resfria o material abaixo de seu ponto triplo para garantir que ocorra sublimação, em vez de derreter. Isso preserva a forma física do material.

Um liofilizador seca, com mais facilidade, grandes cristais de gelo, que podem ser produzidos por congelamento lento ou recozimento. 

No entanto, com materiais biológicos, quando os cristais são muito grandes, eles podem quebrar as paredes das células e isso leva a resultados de secagem por congelamento abaixo do ideal. 

Para evitar isso, o congelamento é feito rapidamente. Para materiais que tendem a precipitar, o recozimento pode ser usado. Esse processo envolve congelamento rápido e, em seguida, aumento da temperatura do produto para permitir que os cristais cresçam.

A segunda fase de um liofilizador é a secagem primária (sublimação), na qual a pressão é reduzida e o calor é adicionado ao material para que a água seja sublimada. 

O vácuo do secador por congelamento acelera a sublimação. O condensador frio do secador por congelação fornece uma superfície para o vapor de água aderir e solidificar. 

O condensador também protege a bomba de vácuo e do vapor de água. Cerca de 95% da água no material é removida nesta fase. 

A secagem primária pode ser um processo lento. Muito calor pode alterar a estrutura do material.

A fase final de um secador por congelamento é a secagem secundária (adsorção), durante a qual as moléculas de água ligadas ionicamente são removidas. 

Ao aumentar a temperatura mais do que na fase de secagem primária, as ligações são quebradas entre o material e as moléculas de água. 

Os materiais liofilizados retêm uma estrutura porosa. Após o liofilizador concluir seu processo, o vácuo pode ser quebrado com um gás inerte antes que o material seja selado. 

A maioria dos materiais pode ser seca com 1-5% de umidade residual.A liofilização é um processo completo e super eficiente capaz de manter todas as propriedades nutricionais dos alimentos.

Quais as vantagens dos alimentos desidratados por liofilização?

Depois que a água é removida dos alimentos, eles se tornam muito leves. Isso facilita a armazenagem de grandes quantidades de alimentos, bem como o seu transporte.

Os alimentos liofilizados tendem a reter a maior parte de sua qualidade, sabor, forma e nutrientes. 

Eles não precisam de refrigeração e podem durar meses ou anos. Os alimentos liofilizados também podem ser reidratados muito rapidamente, ao contrário dos alimentos desidratados.

Além das vantagens descritas acima, podemos citar também:

  • Conservação de sabor, estrutura, cores e consistência;
  • Conservação das principais qualidades nutricionais;
  • Menos volume ocupado para armazenamento;
  • Conservação de até 5 anos;
  • Peso mais leve.

Exemplos de alimentos desidratados

Agora você deve estar se perguntando quais os melhores alimentos para desidratar. Separamos os alimentos mais fáceis de desidratar, para você não perder mais tempo e incluí-los em sua dieta ainda hoje!

Bananas

Já se perguntou como eles fazem aquelas deliciosas lascas de banana que acompanham o açaí ou o sorvete?

Você não precisa mais comprá-las! Basta fazer as suas a partir de suas sobras de bananas maduras! 

Fatie as bananas, cubra com suco de limão e asse por cerca de 3 horas na temperatura mais baixa do seu forno até que fiquem crocantes.

Batatas fritas com legumes

Adicione um toque saudável ao seu lanche favorito usando os restos de vegetais. Todo mundo adora batatas fritas!

Desidratar batatas e legumes não apenas impedem que seus vegetais acabem no lixo, mas também são benéficas para o seu organismo: têm pouca gordura porque estão desidratados e não fritos. 

Corte em fatias uniformes, tempere e desidrate na temperatura mais baixa por cerca de 4 horas. Você pode usar vegetais como batatas, nabos, cogumelos, couve e até tomates.

Maçãs

Maçãs recebem uma menção especial nesta lista devido à sua versatilidade. 

Faça das maçãs desidratadas um doce de inverno temperando-as com um pouco de mel, canela e noz-moscada, ou um molho picante com um pouco de pimenta em pó e sal. 

Corte-os em fatias, deixe de molho em água misturada com suco de limão (para evitar o escurecimento), tempere e desidrate por cerca de 4 horas a 90 °C.

Conheça a linha de produtos liofilizados 4Well e aproveite todos os benefícios desses alimentos!

Conclusão

Se você está modificando seus hábitos alimentares e está em busca de lanches mais saudáveis, os alimentos desidratados ou liofilizados podem ser a solução.

Além de deliciosos, o processo de desidratação de alimentos mantém os nutrientes intactos, o que traz uma série de benefícios para a saúde.

Na hora de escolher o alimento desidratado ideal, opte por frutas que você gosta de consumir no dia a dia e que caibam em pequenos potes para levar na bolsa.

Caso você ainda esteja inseguro para fazer a desidratação de alimentos na sua casa, você pode comprá-los facilmente em lojas de alimentos saudáveis ou a granel, em mercearias ou pela internet.

Conte com a 4Well para dicas saudáveis e produtos de qualidade!

Leia também:

Obrigada por ler até aqui e até a próxima!